domingo, 2 de outubro de 2016

QUANDO FOR VOTAR HOJE, pense nos próximos 20 anos

Está tudo certo, está tudo bem, você despreza a política, os políticos e tudo que se relaciona com a administração pública. Ninguém vale nada, são todos corruptos e, se fosse por vontade própria, você nem iria votar no dia de hoje. Tudo certo, tudo bem, mas essa atitude é corrupta até a medula.

Rejeitar a política e os políticos corruptos não o faz melhor que eles, pois quando coloca todos no mesmo saco - e você se põe fora desse saco -, você está entregando nas mãos deles sua cidade, seu estado e seu país. Sendo assim, você também, fora do saco dos corruptos, é corrupto e da pior maneira: fingindo que não tem nada a ver com isso.

Quando você se cala diante do golpe de Estado dado contra a primeira mulher a ocupar a presidência da república do país, você está sendo corrupto. Quando você "desce pau" na corrupção e vai à urna para votar em candidatos golpistas, você também está sendo além de corrupto, golpista. E não adianta se esconder atrás do segredo das urnas: isso está estampado na sua cara.

Ver uma mulher agredida e não mover uma palha para defendê-la o torna cúmplice da agressão. Não adianta dizer a si e aos outros "Não tenho nada a ver com isso". Tem e muito. É no seu silêncio cúmplice que mulheres são estupradas, crianças são violentadas, negros, índios, homossexuais, refugiados, moradores de ruas são discriminados, espancados e muitas vezes assassinados.

Quando for para sua urna de votação hoje, pense que seu voto pode condenar o golpe e criar condições para a restauração da democracia no mais breve tempo possível.

Porém não tente esconder se seu voto sacramentar uma ditadura que se constrói de cima, a olhos vistos, por meio de políticos corruptos como Michel Temer, Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Gilmar Mendes entre outros,  e por baixo, com seu voto enrustido, tipo Pilatos.

Por isso, quando for à urna de votação hoje, pense nos próximos 20 anos, no mínimo. Você está preparado para as consequências de seu voto? Não diga depois: "Não tive nada a ver com isso", pois tem, tanto se ajudar a barrar o golpe, quanto se apoiá-lo. Sua atitude omissa o faz irmão gêmeo de corrutos e golpistas. E não pense que você engana alguém com sua conversa fiada: pois a semelhança entre você e eles está na cara.

Nas eleições deste domingo NÃO VOTE EM CANDIDATOS GOLPISTAS. Em São Paulo votarei em Haddad 13 para prefeito e em Sharilayne 65.030 para vereadora (leia a entrevista com ela clicando aqui), pois ambos representam meus ideais de liberdade, democracia e justiça.

LEIA TAMBÉM


Jeosafá é escritor e professor doutor em Letras pela Universidade de São Paulo. Autor de mais de 50 títulos por diversas editoras, lançou em 2013 O jovem Mandela (Editora Nova Alexandria),  em maio de 2015, nos 90 anos de Malcolm X, O jovem Malcolm X, pela mesma editora, e no mesmo ano A lenda do belo Pecopin da bela Bauldour, tradução do francês e adaptação para HQ do clássico de Victor Hugo, pela Mercuryo Jovem. Leciona para a Educação Básica e para o Ensino Superior privados de São Paulo.



Um comentário:

  1. Eu posso dizer sem medo de errar, que não faço parte dessa turma. Pois antes de votar, `Não eliminei somente os caras que optaram pelo golpe, eliminei também o partido deles.

    ResponderExcluir