segunda-feira, 19 de setembro de 2016

O ENEM TRAÍDO: Temer dá uma facada nas costas de toda uma geração de jovens

A queda de 35% de inscrições no ENEM deste ano de 2017  é já reflexo da perda de confiança num exame que, durante os governos Lula e Dilma, cresceu ininterruptamente, assumindo escala de milhões, e que incluiu milhões de filhos de trabalhadores nas melhores universidades do país. Em 2016 foram 9.490.952 inscritos; em 2017, 6.194.034: 3.296.918 a menos!

A notícia dada pela presidenta do INEP em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo anuncia a maior marcha-à-ré da história da educação brasileira: o fim do ENEM como porta de entrada de universidades públicas e privadas.

Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, a professora Maria Inês Fini, presidenta do INEP, autarquia do MEC responsável pelo ENEM, em palavras inequívocas diz:

"Ele [o ENEM] foi planejado para ser uma avaliação dos alunos ao final da escolaridade básica, que termina no ensino médio. E ele, em 2009, perde essa característica e ganha as do exame vestibular nacional."

Em linguagem inequívoca, sim, mas nebulosa, a professora responsável pelo 1o. ENEM, em 1998, considera que o ENEM em 2009 perde suas características originais, o que não é verdade, uma vez que continua empregando as matrizes de competências e habilidades baseadas nos Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio (PCNs), e ganha uma outra: que ela chama de "vestibular nacional" - o que também não é verdade, pois o ENEM exatamente extingue os vestibulares das universidades que o adotam.

Pobres e classe média alijados do Ensino Superior por Temer.
O que a professora em linguagem clara, pero torcida, diz é que o ENEM deixará de ser porta de acesso às universidades públicas, federais e estaduais, e privadas, que o empregam hoje como mecanismo de seleção de seus alunos. E ela emprega essa linguagem clara ma non troppo exatamente para esconder o projeto absolutamente excludente que vai por sob suas palavras.

Na mesma entrevista, a professora afirma que as modificações para 2017 serão feitas "sem que os jovens percam as vantagens oferecidas pelo Prouni, Sisu e Fies". Porém ela não explica como essas vantagens serão mantidas uma vez que o exame deixará de ter a característica, na linguagem dela, de "vestibular nacional".

Em 2009 o que ocorreu foi exatamente a democratização do acesso às vagas das instituições públicas de Ensino Superior, principalmente as federais e muitas estaduais (via Sisu), e às das privadas, que passaram a empregar o ENEM em substituição a seus vestibulares (para fins de adesão ao Prouni e Fies).
Romance de uma cidade violenta e injusta, porém onde cabe o amor, a amizade e poesia.
O que ocorre agora é que as elites econômicas que assumem o governo pela via ilegítima (na figura do mofado mordomo de filme de horror Michel Temer, cuja mentalidade cheira à naftalina) querem excluir os filhos dos trabalhadores e da classe média baixa (que tiveram no ENEM um mecanismo concreto de justiça social) das universidades públicas e das privadas de maior reputação - pois o Estado os vinha defendendo e incentivando por meio do Sisu – caso das públicas – e do Fies e do Prouni  caso das particulares.
  
No ano de 2015 quase 8.500.000 candidatos se inscreveram no ENEM com a esperança de, a partir de seu desempenho nesse exame, alcançar a tão sonhada vaga no Ensino Superior. É nas costas desses brasileiros que Temer dá agora essa facada traidora.

Jeosafá, professor doutor em Letras pela Universidade de São Paulo, foi da equipe do 1o, ENEM, em 1998, e membro da banca de redação desse Exame em anos posteriores. Compôs também bancas de correção das redações da FUVEST nas décadas de 1990 e 2000. Foi consultor da Fundação Carlos Vanzolini da USP, na área de Currículo e nos programas Apoio ao Saber e Leituras do Professor da Secretaria de Educação de São Paulo. É escritor e professor Doutor em Letras pela USP. Autor, entre outros títulos, de O jovem Mandela (Editora Nova Alexandria);  O jovem Malcolm X, (mesma editora); A lenda do belo Pecopin da bela Bauldour, tradução sua do francês e adaptada para HQ, com João Pinheiro, do clássico de Victor Hugo (editora Mercuryo Jovem). Leciona atualmente para o a Educação Básica e para o Ensino Superior privados.



  





172 comentários:

  1. E se o ENEM deixar de ser a forma de seleção para ingresso, retornaremos aos velhos exames vestibulares e aos altamente rentáveis cursinhos - essa turma golpista quer por tudinho de volta como era antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BINGO! Uma lástima!
      #ForaGolpistasFascistas

      Excluir
    2. sim. pq hj não tem os cursinhos pra prova de enem. o que eu dava aula era uma ilusão

      Excluir
    3. E infelizmente, não vai ficar só nisto. Pelo menos até Lula voltar, caso não seja assassinado, pelo entreguista porque, mesmo sem provas e só com indícios, a absurda denúncia do Ministério Público foi aceita. Enão é só o fies, a verba de saúde e educação e da área social, estará congelada por 2O anos. Está mais do que provado que a previdência tem dinheiro de sobra e eles insistem em dizer que a instituição está quebrada. Todos nós precisamos estar atento com a votação da PEC 241, que está em regime de urgência no Senado um crime contra a economia do país, que atinge esses três importantes setores citados, que entrega o petróleo, o Aquífero Guarani, nossas reservas de nióbio, além da PLC que trata de privatização de nossas estatais lucrativas e a criação de outras com vendas de debêntures com prestações menores do que
      a rentabilidade que elas terão com um detalhe imundo, já que elas serão entregues somente a pessoas que apoiaram o golpe, principalmente, os investidores internacionais aos quais esses golpistas estão entregando de bandeja o Brasil.

      Excluir
    4. Há imbecis que vêem o Marxismo por toda a parte, assim como alguns pressentem fantasmas por todos os lados. Basta ter um pouco de espírito crítico que a "visão além do alcance" ideologiza as falas e rotula os textos - marxista! Afinal, esse tipo de gente sempre houve na história da humanidade - são os que vibraram diante das fogueiras inquisitoriais e trouxeram livros para serem queimados nos expurgos nazistas. Do que atacam, nada sabem. São apenas obedientes e temerosos. E seus medos os transformam em monstros irracionais e assassinos. Mas, geralmente, são covardes - limitam-se a denunciar e vociferar nas sombras. Na verdade, eles mesmos são os espectros do que nunca serão.

      Excluir
    5. Esse anônimo disse tudo. "Há imbecis que vêem o Marxismo por toda a parte, assim como alguns pressentem fantasmas por todos os lados. Basta ter um pouco de espírito crítico que a "visão além do alcance" ideologiza as falas e rotula os textos - marxista! Afinal, esse tipo de gente sempre houve na história da humanidade - são os que vibraram diante das fogueiras inquisitoriais e trouxeram livros para serem queimados nos expurgos nazistas. Do que atacam, nada sabem. São apenas obedientes e temerosos. E seus medos os transformam em monstros irracionais e assassinos. Mas, geralmente, são covardes - limitam-se a denunciar e vociferar nas sombras. Na verdade, eles mesmos são os espectros do que nunca serão."

      Excluir
    6. Ela não explica e vc fica só no "achismo". Faça uma análise clara e objetiva e não um "amontoado" de ideias sem coerência. Afffff

      Excluir
    7. E ai babacas batedores de panelas , estão satisfeitos com a estupidez que cometeram

      Excluir
    8. Nem é preciso ser cientista político pra reconhecer que o Brasil deu um salto gigantesco em todas as direções. Tanto que foi capaz abrigar uma Copa do Mundo e uma Olimpíada, mesmo depois de assistir ao governo ter sido assumido sem a eleição pelo voto. Nos tempos do presidente sociólogo essa façanha era impensada; até porque a maior parte das divisas era usadas para pagar os juros da divida externa, sob pena do FMI assumir o governo. E não estamos falando de ideologia; estamos falando de fatos.O mais imbecil, que tenha o mínimo de senso crítico, ainda que odeie o PT, jamais deverá ignorar o irrefutável avanço social que este pais alcançou em apenas três mandatos dos ¨petralhas¨. Dos tempos ¨tucanos¨ ainda consigo lembrar que as rodovias federais viraram estrada de ¨chao batido¨, algumas capitais possuíam Universidades Federais, pobre não tinha casa financiada pelo governo, (...)enfim, uma lista interminável e conquistas. Não sou PT, mas usar esse negócio de Marxismo pra desconhecer que esse partido jogou a direita na lata lixo com sua administração é irracional.

      Excluir
    9. Como se já não existisse Cursinho pro Enem! Não sei se está ligado, mas, atualmente, a maioria dos cursinhos preparatórios planejam seu ensino visando o Enem. Ano passado, por exemplo, eu era um dos cerca de 90% dos alunos de um cursinho que tinham Enem como única prova adotada para o ingresso no Ensino Superior, além de toda a estrutura do cursinho estar focada nesta única prova.

      Excluir
    10. Conversa fiada ! A notícia não procede !

      Excluir
    11. Vc estudou historia alguma vez na vida?
      ou se absteve por vontade própria, para vim "bostiar" por aqui?

      Excluir
    12. O que muda Nairo são as intenções. Essa distorção é que não é nada nova.

      Excluir
    13. Esses gente da direita é passional e superficial. (Receita para se tornar monstro.)

      Excluir
    14. Achou a noticia boa senhor Anonymous? que nem a cara mostra!

      Excluir
    15. Os cursinhos nunca acabaram, agora treinam a garotada para o ENEM! O ENEM foi copiado da China, não existe em nenhum outro lugar da face da terra!

      Excluir
    16. Concordo integralmente com Anonymous. Porém, mais que nunca, precisamos tomar muito cuidado porque esses são os mais perigosos e traiçoeiros, justamente por serem covardes.

      Excluir
    17. pra falar a verdade quem nao tem dinheiro pra pagar cursinho de pre enem ou nao vem de escola particular nao faz o enem, porq as escolas publicas nao nos ensinam nem um terço do que e cobrado, sempre fui otima aluna e fiquei assustada com a quantidade de coisa que eu nao fazia ideia que existia, logo com ou sem enem quem nao tem um dinheirinho pra estudar por fora nao entra em faculdade, alem da prova ser llonga demais, cansativa demais e acaba eliminando candidatos capacitados, o problema nao e a permanencia do enem é o nivel de educação que a população tem acesso

      Excluir
    18. Quem perde com isso é a classe menos favorecida, terá menos acesso as Universidades

      Excluir
    19. Que triste!
      Se isso for mesmo verdade, vai ser um duro golpe para os estudantes e "estudantas" de todo o país!

      Excluir
  2. Pois é. E onde esses vestibulandos vão conseguir dinheiro para pagar várias inscrições em exames de seleção para conseguir uma vaga? Voltarão a gastar o dinheiro que não têm com isso, se tiverem sorte de ter uma universidade perto com o curso que querem fazer. Senão vão arcar com viagens, hotéis e alimentação. O uso do Enem ocorreu justamente para oportunizar que jovens do sudeste fizessem um curso no sul do país, por exemplo, entre tantas outras possibilidades. Foi pensando na democratização do ensino superior. Lamentável ler uma notícia dessas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como eles vão pagar sua permanência em outras cidades durante os cursos se não tem dinheiro nem para pagar as inscrições?

      Excluir
    2. verdade estou muito triste tbm...se a nossa sorte nao for um trabalho pode nos considerar um nada nas maos desses...e olhe nao voltei em temer e nao quis que dilma saisse a pesar de td,era menos mal...mais acho que tem gente reclamando as vezes de barriga cheia e querendo algo sem pensar duas vezes (pronto falei)

      Excluir
  3. Presidenta ???? Que eu saiba essa palavra ainda não existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahah, vc é desinformado, procure e verás que essa palavra é bem antiga, além de ter existido por 5 anos na prática, com Dilma...

      Excluir
    2. Estudar um pouquinho pra saber argumentar não faz mal a ninguém !!!!

      Excluir
    3. Pois avise a Machado de Assis, que usou essa palavra em um de seus livros.

      Excluir
    4. A palavra presidenta existe, só os palermas ainda contestam. Mas o INEP não tem presidenta nem presidente.

      Excluir
    5. O INEP tem presidenta sim. Por gentileza, consulte a matéria: http://g1.globo.com/educacao/enem/2016/noticia/enem-tera-mudancas-contra-varredura-de-conteudo-diz-presidente-do-inep.ghtml

      Excluir
    6. Avisa para o coxinha que não tem coragem de mostrar a cara que PRESIDENTA foi usada por Machado de Assis e Érico Verissimo.Vai encarar os dois???

      Excluir
    7. PRESIDENTA SIIIM, se você não sabe esse cargo era assumido apenas por homens, e por isso não havia variação de genero na palavra, e mesmo que a mulher, hoje, esteja chegando nesse cargo a palavra continua sem variação. O que se classifica machismo, e o fato da nossa queridissima PRESIDENTA Dilma usar o termo com "A" no final indica resistência da luta feminina. Uma estudante de Letras, ou seja, eu e milhares de língistas dizendo que existe SIM o termo PRESIDENTA.

      Excluir
    8. Existe. Convicção e Prova.
      http://m.portugues.uol.com.br/gramatica/a-presidente-ou-presidenta-qual-das-formas-devemos-utilizar.html

      Excluir
    9. A simples existência de alguém que diante de um assunto grave desses, se ocupa de um vocábulo (que existe no dicionário e na prática) para desqualificar a matéria é realmente uma lástima.

      Excluir
    10. A palavra PRESIDENTA existe sim, porém raramente usada, pesquise que você encontrará.

      Excluir
    11. em quanto vcs discutem o presidente vai privatizando....

      Excluir
    12. Meu Deus!!!! Assunto tão sério em questão e você querendo questionar a palavra "Presidenta"? Faça-me o favor: estude, pesquise... O maior problema de algumas pessoas é falar o que não sabe!

      Excluir
    13. Tem presidenta assim como estudenta! HAHAHAHA

      Excluir
    14. A palavra “presidenta” é feminino correto para “presidente“, aceito por todas as gramáticas, presente em dicionários portugueses há séculos e constante em todos os dicionários brasileiros e portugueses atuais. Hoje, “a presidente” é também considerado correto, mas a verdade é que “a presidenta” é forma muito mais antiga e tradicional na língua portuguesa do que “a presidente”.

      Excluir
    15. http://www.porticodalinguaportuguesa.pt/index.php/duvidas-da-lp/dificuldades/item/presidente-ou-presidenta

      Excluir
    16. Não adianta esses raivosos, não vão entender nunca,eles estão surdos.

      Excluir
    17. A palavra se tornou partidarizada. Quem insere em sua fala a palavra "Presidenta" ou "todos e todas", pode ser que não, mas para alguns já se torna parcial. Infelizmente.

      Excluir
    18. existe sim e é um lei antiga que assegura isso. Procure se informar antes de escrever bobagens

      Excluir
    19. Meu caro. Como já comentado, de fato existem as duas palavras. Entretanto, elas nomeiam coisas distintas (se quiser, dê uma olhada na página da A.B.L.). Obviamente, o uso da forma "presidenta" representa um peso menos linguístico, mas sim político.

      Excluir
    20. Creio que está um pouco equivocado em relação a o tempo de existência da palavra no dicionário, procure saber mais antes de afirmar algo.

      Excluir
    21. O cara chama as pessoas de covarde e não tem coragem de mostrar o rosto. Quem é covarde mesmo?

      Excluir
    22. A expressão, PRESIDENTA, não é para qualquer um, me desculpe!

      Excluir
    23. Muito interessante...esse termo também me dói nos ouvidos...acho ridícula e horrenda, mas enfim tem que dar créditos à quem a criou, mas não somos todos obrigados a ter que usá-la. Eu mesma como "Presidente" de um clube de serviço...leia-se Rotary Club, no início da minha gestão pedi que pelo amor de Deus, jamais dirigissem se à mim como "Presidenta"...porque não existe "estudanta"...e fui atendida e respeitada igaulmente por esse pedido!

      Excluir
    24. OLÁ QUERIDOS A GRANDE VERDADE É QUE O MÉRITO DE TER CRIADO O ENEM E USA-LO COMO PORTA DE ENTRADA PARA UNIVERSIDADE É DO LULA. E TEM MAIS O PROUNI E FIES TAMBÉM, VAMOS DAR A CESAR O QUE É DE CESAR E SE ESTES BANDOS DE ALMOFADINHA QUE NUNCA SOUBERAM O QUE É PADECER PRIVAÇÕES NA VIDA OUSAREM TIRAR DA CLASSE MAIS POBRE DESTE PAIS O QUE TEMOS DE MAIS PRECIOSO QUE É A EDUCAÇÃO NÃO TENHAM DÚVIDAS NOS VAMOS PRAS RUAS REIVINDICAR O QUE É DE DIREITO NOSSO. ESTAMOS ATENTOS A ESTES BANDIDOS QUE SÓ QUEREM FAVORECER A ELITE COMO FOI NO PASSADO.

      Excluir
    25. Sob a luz da linguística "presidenta" é tão errado quanto "queijo". Vamos parar de elitismo de língua por favor.

      Excluir
    26. existe sim, um professor de português postou isto, informe-se...

      Excluir
    27. Nós iremos ficar sem ENEM e vocês aí discutindo vocabulário.

      Excluir
    28. É muito fácil acabar com a discussão acerca da palavra presidenta. Se ela existe, vamos usá-la. Se não existe, vamos criá-la. Parem com esse embate infantil e sem fundamento. A língua não é, nem pode ser engessada. Ela é produzida pelo falante. Neologismo não é pecado. Senhores discutintes, não sejam atolermados e infantílicos, aproveitem as possibilidades que a língua lhes oferece.

      Excluir
    29. Vocês estão de brincadeira né!?!?!? A discussão é sobre a possibilidade de nao usarem o ENEM para 1ª fase de vestibulares em universidades públicas, e vocês perdendo cabelos tentando provar por "A+B" que a palavra presidenta existe... "Pelamor" viu, por isso estamos onde estamos... Sem mais

      Excluir
    30. "estudenta". Creio que essa palavra não exista nem no masculino. Eu pelo menos desconheço a palavra "estudente" ou "estudento".

      Excluir
    31. Meu caro, se você pesquisar qualquer edição da Novíssima Gramática do Cegalla existe esta palavra como feminino de presidente. Não foi Dilma quem a criou, muito antes dela sonhar em ser a presidente/presidenta, a palavra já existia. O que temos que ter em mente é pesquisa, leitura, e não ficar repetindo clichês feito papagaio!

      Excluir
    32. SEM DÚVIDA, É INQUESTIONÁVEL A EXISTENCIA DA PALAVRA,OS ESTUDANTOS COMPETENTOS QUE ELEGEM SEUS PRESIDENTOS GOVERNANTOS.

      Excluir
    33. Presidenta existe? haha, claro... palavras terminadas em "te" são masculino desde quando? Pois até onde sei, "to" para homem, "ta" para mulher e "te" para o geral. Só porque Macahado e Erico usaram existe?

      Excluir
  4. http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/presidenta-existe-na-lingua-portuguesa-desde-1872/n1597210547562.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa resposta. Mas será que entendeu?

      Excluir
    2. Para sua informação "Anonymous", existe sim e você está totalmente desinformado

      Excluir
  5. Respostas
    1. Acho que não leu a matéria realmente! http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,enem-deve-mudar-so-no-ano-que-vem-diz-presidente-do-inep,10000069955

      Excluir
    2. Para que um golpe senão para limitar o direito ao Ensino, revitalizar os cursinhos que sempre foram fonte de renda de alguns empresários. Acham que a elite dorme no ponto? Os movimentos populares que lutam pelos direitos da juventude têm que assumir essa luta. Deixar o retrocesso caminhar, sem esboçar formas de luta para confrontá-lo, é esperar ocorrer o fato consumado : retirada de direitos e não acesso ao Ensino. Tudo continuar como dantes, postos chaves nas mãos da elite dos seus asseclas.

      Excluir
  6. E ai você da classe média ou pobre que gritou fora Dilma esta contente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estão escondendo a cara agora kkkkk

      Excluir
    2. Pois é amigo !!agora vamos todos sofrer
      Fora Temer

      Excluir
  7. Ta, só não entendi o que virá no lugar do enem agora...
    Já existe algo? Porque se vão tirar um, incluirão outro, mas o que?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pergunta lá pro frota. Imaginem frota e mendoncinha...

      Excluir
    2. Será que o que está previsto para novembro deste ano se realizará?

      Excluir
    3. o que vem no lugar? Nada, vamos voltar aos vestibulares individuais das universidades (pagando por todos individualmente) e aos cursinhos que rendem pouco por serem baratos né? rsrsrsrsrsrs

      Excluir
    4. Quando eu prestei o vestibular em 93 eu me escrevia logo no curso que iria fazer e não tinha uma segunda chance. O método do ENEM é ótimo e só vai ser tirado do povo se não fizermos nada. Eles só podem fazer uma mudança desta se o povo ficar calado.

      Excluir
    5. Acham mesmo que Temer está preocupado em substituir por outra política educacional? 😒😒😒

      Excluir
    6. Prezada Fernanda. Segundo a mesma Presidenta do INEP, o ENEM deste ano não sofre mudanças, por falta de tempo para implementá-las, mas anos que vem sim. A "reforma" do ensino anunciada hoje (22/09/16), que vai ao Congresso por Medida Provisória, encaminha medidas que jogam o Ensino Médio numa fórmula fracassada em São Paulo no início da década de 1980, que foi por isso abandonada pelos governos estaduais posteriores. É, sim, um grande retrocesso.

      Excluir
  8. Achei mais informação aqui...
    http://br.blastingnews.com/brasil/2016/01/o-enem-chegou-ao-fim-anuncia-o-ministerio-da-educacao-00730335.html

    Pelo o que me parece, irão ocorrer melhorias, espero realmente que sim.
    E o texto poderia ser menos tendencioso, a mais informativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando as "melhoras" ocorrerem, você volta aqui para nos informar?

      Excluir
    2. Ana Letícia Libardo,
      os golpistas sempre alegam que todas as mudanças encaminhadas por eles sempre são pra melhorar, só quem é da área da educação entende e lamenta os desmanches que já estão em curso no processo de inclusão das populações mais pobres a educação.

      Excluir
    3. Sou da área da educação e dou graças a deus que finalmente colocarão um incentivo real das matérias. Na UNICAMP, onde dei aula, a 50% das vagas eram destinadas ao enem, e desde que o enem foi colocado os alunos nunca sabiam de verdade o que queriam, ficavam pouco tempo no curso de física e desistiam; isso acontecia por que eles nunca haviam estudado física quântica, física moderna, vetorial e etc por nunca terem precisado realmente praticar, apenas escrever redações que propõem que o Estado deve resolver tudo, pensamento originário do governo vargas.

      Excluir
  9. Como pode, ele não tem vergonha, nem escrúpulos... Nunca precisei. Mas reconheço quem precisa. Esse cara quer levar o Brasil até onde?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse povo nem se quer ler a notícia!

      Excluir
    2. isso é para armar o povo , eles n podem da uma noticia desta de uma vez assim , senão gera revolução... vai ser tudo como era antes do lula

      Excluir
  10. Basta ler a reportagem! tá lá escrito na segunda resposta dela "Se o nosso ministro concordar, e ele parece concordar, já em 2017 teremos alguma mudança. Sem que o exame perca todas a possibilidade de associar a ele as vantagens que vêm sendo atribuidas a ele para os jovens, como Sisu, Prouni e Fies."

    Caso não saibam, enem como porta de entrada para as universidades é pelo SISU!

    O que ela fala por vestibular nacional, é que o enem tem seguido a lógica de reprodução em massa, fórmulas, etc, como os vestibulares específicos...

    Eu não concordo que o exame seja "para resolver problemas". Vai ter muita gente pensando apenas de forma lógica, o que é uma merda. Mas também da forma que tá, super reprodutivista, tem que mudar sim!

    ResponderExcluir
  11. Não vamos chorar pessoal não é isso que o povo quiz? A saída da Dilma?

    analisem vcs que esse governo agora só governa para elite Rica, voltaremos a época em que muitos não terão o direito de ingressar na faculdade.

    Por que o povo não vai para rua agora?

    ResponderExcluir
  12. Difícil pensar em todos os lados...um dia me questionei sobre onde teria tantos empregos para tantos graduados! E as demais profissões que não requerem ensino superior? Eu acho que deveria haver um equilíbrio e valorização de todas as classes. Afinal....para a máquina funcionar todas as peças devem estar no local correto. Vejo um futuro onde as produções rurais serão ainda menos valorizadas. Não adianta diploma na parede,se não tiver alimento na mesa! Muito se fala de sustentabilidade...mas, nunca vi o profissional que reforma calçados ser valorizado! Parece que a moda é ser teórico. Estudar....ter uma "boa posição social" de acordo com algum padrão idealizado por uma legião de pessoas que menosprezam as pequenas e fundamentais peçinhas desta máquina. Não sei observar tantas faces, mas não quero usar uma viseira! E ser comunista.....feminista...socialist....facista....istaaaa.....isstaaaa..istaaaaa kkkkkk Desculpem os desvaneios....estou tentando olhar por outros ângulos. Não me digam que o peso da merda da caneta é menor do que o da enxada! Fodas...quero ser valorizada por reformar roupas, por vender alface, fazer cesta de palha...por cantar na rua e alegrar alguém! Quero ser útil. Não me verão chorando por emprego na empresa x....cargo x....com pós doutorado em cabeça de alfinete (deixarei pra quem realmente deseja isto) eu vou trabalhar na roça. Só falta eu chegar lá e ver duas velhinhas xingando ....racista, facista, petista, bolsonaro kkkkkk aí fudeu kkkk e digo mais, nunca vi um jovem capinando e usando crack....deixem os jovens trabalharem! Direitos humanos só passa mão na cabeça de bandido...não faz massagem nos pés cansados de quem andou o dia inteiro pra vender Avon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as profissões devem ser valorizadas, mas isso não significa que não tem direito ao acesso à educação. Por que o agricultor não pode ser agrônomo para cuidar da sua propriedade ao invés de pagar assistência técnica? Mas com certeza, quem frequentou uma escola pelo menos sabe que peçinhas se escreve com "c" e não com "ç".

      Excluir
    2. E agr , sou estudante me dedico horas e horas para ver essa notícia !!!

      Excluir
    3. Há muito tempo não via tanta desinformação num comentário só. Concordo que todas as profissões devem ser valorizadas, e não pense você que isso é privilégio do ensino superior, não, pois mesmo aí há disparidades enormes: veja a diferença da valorização de um médico ou advogado pra um professor, fisioterapeuta ou artista, por exemplo. Não desqualifico em nada a importância do direito ou da medicina, mas por que os professores e o restante dos profissionais da saúde não são igualdade valorizados?
      E colocar num comparativo o feminismo e o fascismo? Sério? Pra fechar com chave de ouro o comentário ainda afirmar que os direitos humanos servem para atenuar a responsabilidade dos criminosos? É sério isso? Os direitos humanos estão preocupados em entender que jogo de forças leva os marginais a serem marginais e garante que estes sejam tratados conforme rege a lei, só isso. O que acontece, de modo geral, é que uma parcela da população de bandidos (leia-se os negros, pobres, da periferia) sejam tratados pior que animais enquanto outra parcela de criminosos (leia-se os ricos, políticos ou donos de grandes empresas) nem se quer sejam responsabilizados pelos teus crimes e, quando isso vem a acontecer, recebam tratamento especial e, inclusive, cafézinho dos policiais e direitos que não estão previstos na lei. Ou seja, os direitos humanos busca garantir que as pessoas sejam tratadas como pessoas e que a lei seja minimamente seguida.
      Depois de ler tanta besteira junta só posso deduzir que foi escrito por uma pessoa TOTALMENTE desinformada, e suplicar que, da próxima vez, você busque informação sobre os temas que pretende colocar na pauta.

      Excluir
    4. Caramba as pessoas só sabem criticar aff.

      Excluir
    5. Você quer título? Se sua cabeça funcionasse tão bem como seu corretor...entenderia que sou a favor do conhecimento. Você foi programado pra corrigir mediocridades...interpretação é algo que vai além de sua capacidade limitada de compreensão.

      Excluir
  13. A presidente do INEP está corretissima. Em primeiro lugar não se pode confundir o Sisu, Prouni e Reuni Pronatec. O que o ENEM faz é simplesmente transformar o modelo de educação adotado no Brasil, reprovado nos rankings do PISA,um dos piores do mundo, nua regra ser seguida e medida e não num câncer a ser curado. A atual prova do ENEM descaradamente mede a capacidade do aluno de não raciocinar e meramente reproduzir o pensamento politicamente correto dominante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A prova do ENEM é baseada na lógica do Morin, que vê as disciplinas como complementares umas das outras, e não isoladas em si mesmas. A prova do ENEM é muito bem construída, o que não significa que não tenha problemas. Existem dois fatores que dificultam muito a realização da prova:
      1. Ela mede a educação do ensino médio, porém, a estrutura de educação brasileira é separada em caixas e, de modo geral, os alunos concluem o ensino médio sem ver que relação existe entre história e geografia, ou entre sociologia e literatura, então é claro que quando ele precisa responder uma questão que misture essas duas disciplinas ele vai encontrar dificuldades, porque ele não aprendeu a olhar pro conhecimento por esse ângulo. Esse, todavia, é um problema da educação e de como o conhecimento é passado nas escolas, esse não é um problema do exame do ENEM.
      2. Outro problema acerca da aplicação do ENEM é que o mesmo é uma prova extensa que ocorre em apenas dois dias e nas escolas públicas. Apesar dele ser um bom "treinamento" para quem for fazer concurso mais tarde, uma vez que as provas normalmente tomam todo o dia, ou boa parte dele, a infraestrutura das escolas deixa muito a desejar. Entendo que a pessoa fazer uma prova difícil, num calor insuportável e num ambiente onde você precisa optar pelo silêncio para se concentrar ou por um ventilador para minimizar o calor influencie diretamente no desempenho que a pessoa terá na prova, isso fora o nervosismo de cada um. Imagino que o ideal seria uma prova um pouco mais enxuta, ou mais dias para separar o conteúdo, de modo que a pessoa precisasse responder menos questões por dia. Outra solução interessante é a melhoria na infraestrutura dos locais onde a prova ocorrerá.
      Como eu disse, o ENEM conta sim com problemas, mas eles não estão ligados à estrutura da prova. Na verdade, a lógica que dá base pro ENEM foi elogiada por diversos nomes importantes da educação ao longo do tempo. O que precisa ser aprimorado são os aspectos do entorno da prova, entre eles a qualidade na educação. Desculpe, mas não posso concordar com você. Se tem uma coisa que o ENEM NÃO É, é um reforçador do politicamente correto - pelo contrário, as questões de humanidades do ENEM normalmente desconstroem o politicamente correto.

      Excluir
    2. O ENEM segue a lógica do Morin, que entende que as disciplinas tem interlocução entre si, ou seja, elas são complementares e não estão em caixas isoladas em si mesmas. Lógica esta, inclusive, que está em acordo com o pensamento de Freire também. Isso não significa que o exame não tenham seus problemas, todavia, os problemas estão muito longe de serem "o enem não faz o aluno raciocinar" ou "o enem reproduz o politicamente correto". Vejo três problemas básicos acerca da aplicação da prova, são eles:
      1. O ENEM mede a qualidade do ensino médio, porém, o ensino médio não é estruturado a partir da lógica de Morin. O aluno sai do ensino médio sem conseguir ver que relação existe entre geografia e história, ou entre sociologia e literatura. Ou seja, quando ele se depara com uma questão que une essas duas disciplinas o aluno não a entenderá e não saberá respondê-la. Esse problema, todavia, esta na estrutura de educação nas escolas, e não na estrutura da prova. Aliás, a estrutura das questões foi muito elogiada por diversos nomes importantes da educação.
      2. Outro problema acerca da aplicação do ENEM ocorre pelo mesmo ser um exame bastante extenso. Cada dia de prova conta com um número absurdamente alto de questões que o aluno deve responder, e vale ressaltar que a prova não é fácil, é preciso concentração e raciocínio para fazê-la. Apesar do ENEM ser um ótimo "treinamento" para quem pretende fazer concurso mais tarde, uma vez que de modo geral os concursos também tomam todo o dia ou boa parte dele, é uma prova que cansa. Imagino que seja possível criar uma prova do ENEM mais enxuta, ou então, separá-la em três dias em vez de dois, de modo que cada dia tenham menos questões a serem aplicadas.
      3. Outro fator de importante impacto no desempenho das pessoas no exame é a infraestrutura dos locais onde a prova ocorre. Todos sabemos acerca da qualidade da infraestrutura das escolas públicas. Fazer uma prova difícil e extensa na beira do verão, onde o calor já está insuportável já não é fácil. Imaginemos agora fazermos isso num local onde se precisa optar pelo silêncio para se concentrar ou então por um ventilador barulhento para amenizar um pouco do calor escaldante. Óbvio que essa situação tem impacto direto no desempenho das pessoas na prova, principalmente considerando que as pessoas normalmente já estão suficientemente nervosas com a prova por ser, muitas vezes, a única oportunidade da pessoa entrar no ensino superior.
      A aplicação da prova do ENEM tem, sim, diversos problemas, porém, a estrutura de questões do ENEM é muito exitosa no que ela se propõe: analisar a qualidade da educação. O aluno precisa raciocinar, sim, para fazer a prova. Infelizmente, a educação nacional não abre espaço que os alunos raciocinem em sala de aula, então, quando isso é cobrado deles no exame eles realmente não sabem como se colocar. E, modo geral, as questões de humanidades da prova desconstrói a lógica do "politicamente correto".
      Basicamente, concordo que o exame não seja perfeito e precise de aprimoramentos. Mas estes dizem muito mais respeito ao entorno da prova e a qualidade da educação passada nas escolas do que à estruturação da prova em si. Não, o ENEM não é uma prova que inibi o raciocínio lógico e crítico e que preza o "politicamente correto", pelo contrário, o ENEM obriga o aluno a raciocinar e desconstrói a lógica do "politicamente correto".

      Excluir
  14. Com enem ou sem enem precisamos ter ensino de qualidade da pré escola até a universidade. Hoje, o jovem não consegue redigir um texto, não consegue faz contas básicas de mate mática, não tem noção de outro idioma, história é coisa do passado. Na formação profissional, encontramos faculdades/universidades que não foram profissionais de qualidade. Ou seja, enem, prouni, sisu, pronatec etc... onde está a qualidade do ensino?

    ResponderExcluir
  15. http://recordnews.co/noticia/governo-temer-confirma-o-fim-do-enem

    ResponderExcluir
  16. Não acho o enem justo para quem quer terminar os estudos, acredito quem nao concluiu o ensino médio teria que ter uma prova com conteúdo mais acessível ,a dificuldade de quem quer terminar e a mesma de quem quer uma vaga de medicina !

    ResponderExcluir
  17. Enquanto muitos discutem vocábulos, o golpista segue recebendo vaias e rejeição geral. Não vamos discutir gêneros de vocábulos incomuns. Por exemplo: se o gênero feminino de fobol é foboliana. Vamos abrir os olhos porque o presidente golpista tentará fazer-nos escravos novamente.

    ResponderExcluir
  18. Eu prefiro vestibular separado do que ENEM mil vezes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pense em que não tem dinheiro para pagar as taxas de inscrições separadas do Enem.

      Excluir
    2. ENEM garante que todos tenham direito a entrar na universidade sem precisar pagar as taxas absurdas pros vestibulares, principalmente se a pessoa pretende prestar vestibular para mais de uma universidade. Fora isso, o exame do ENEM garante que você preste a prova na sua cidade e concorra pra uma vaga do outro lado do país. Além dos vestibulares separados serem totalmente despadronizados, eles são elitistas desde as taxas de inscrição até você precisar pagar passagens, acomodação e alimentação se pretende cursar numa instituição longe de casa. O exame do ENEM não é perfeito, mas é uma revolução no incentivo à educação e na oportunidade à diversas camadas sociais até então excluídas.

      Excluir
  19. Eu acho que o Enem ou a falta dele não é o problema,o problema é a geração de analfabetos funcionais com diploma universitário,Todos querem ir para faculdade mas ninguém quer estudar!

    ResponderExcluir
  20. A palavra PRESIDENTA não existe no nosso dicionário e contradiz as regras gramaticais já começa daí.
    Imagina o resto como não vêm !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A palavra “presidenta” é feminino correto para “presidente“, aceito por todas as gramáticas, presente em dicionários portugueses há séculos e constante em todos os dicionários brasileiros e portugueses atuais. Hoje, “a presidente” é também considerado correto, mas a verdade é que “a presidenta” é forma muito mais antiga e tradicional na língua portuguesa do que “a presidente”.

      Me poupe, se poupe, e nos poupe.

      Excluir
    2. A simples existência de alguém que diante de um assunto grave desses, se ocupa de um vocábulo (que existe no dicionário e na prática) para desqualificar a matéria é realmente uma lástima.

      Excluir
    3. http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/presidenta-existe-na-lingua-portuguesa-desde-1872/n1597210547562.html

      Excluir
    4. Engano seu a palavra presidenta existe faz tempo, é só pesquisar melhor.
      É a apalavra mais antiga que existe, dita por um professor da USP.
      pode ser que no vernáculo atual esta tenha sido retirada,porém nossa lingua não foi feita ontem companheiro.

      Excluir
    5. Prezado amigo Robson. A palavra existe na língua, foi usada e é usada desde que existe. Machado de Assis não foi o único. Todavia, essa não é a questão. A questão é que você tenta desqualificar o artigo e seu autor para esconder sua própria posição política favorável à destruição do ENEM. Não vou me dar ao trabalho de indicar os muitos links da Internet em que gramáticos e dicionaristas acusam a legitimidade do termo, pois seria subestimar sua inteligência, e não farei com você o que recrimino você ter feito com o autor deste artigo. Sugiro, no entanto, que pesquise. Muitas vezes posar de "sabido" revela o exato contrário.

      Excluir
  21. Sou a favor do velho vestibular, com primeira etapa prova objetiva e segunda etapa prova especifica. Na minha opinião o enem como porta de entrada principal é meio que como uma maneira mais fácil de entrar numa universidade, por isso do alto índice de evasão. As vezes, a pessoa faz o enem sem estudo ou sem dedicação, por sorte tira um 550 pts na prova (porque com essa nota se entra em muitas UF) escolhe um curso como da área de exatas, isso sem ter habilidade alguma, entra mesmo por entrar ou por a nota dá somente para aquele curso, mesmo que não seja o seu forte, acaba indo mal nos primeiros períodos e abandona o curso. Outro ponto é: como pode uma pessoa que quer cursar medicina fazer a mesma prova que uma pessoa que quer cursar sistemas de informação?! o enem poderia ser usado como a primeira etapa do vestibular obtendo nota boa, escolheria a área que quer cursar, e as UF aplicaria as provas objetivas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso já ocorre em algumas universidade federais inscritas no Sisu.

      Excluir
    2. Antes de proferir asneiras, busque saber como funciona o ENEM. Depois, venha aqui falar suas merdas com mais propriedade.

      Excluir
    3. Concordo plenamente com vc... É desigualdade msm...

      Excluir
  22. Gente vamos colocar esse conde Dracula fora #ForaTemer

    ResponderExcluir
  23. São muitos comentários hahaha.. ��

    ResponderExcluir
  24. Golpistas!!! Eu já sabia que o acesso dos pobres nas uf's sempre incomodou essa elite truculenta!!!! O Brasil quer o LULA de volta!!!!!

    ResponderExcluir
  25. Essas reformas já entrarão em vigor no ano de 2017???

    ResponderExcluir
  26. Governo nojo.
    Governo que me da nojo.
    Querem acabar conosco.
    DESGRAÇADOS...

    ResponderExcluir
  27. Tomara que acabe mesmo essa merda, nunca vi prova mais mal feita e corrupta que o enem, tanto de gente que consegue gabarito antes, ou que a prova chega com pacote aberto na hora da prova... Melhor os vestibulares mesmo, por que cursinho tem de qualquer jeito, e eliminar a taxa de inscrição é possível na maioria das instituições, tanto publicas quanto privadas, esse enem só serve para o aluno que não estuda conseguir passar na sorte e para o que estudou não conseguir fazer nada por que a "materia é diferenciada".

    ResponderExcluir
  28. Não vi no texto explicando de que forma com o fim do ENEM os mais pobres levarão uma facada nas costas, mas afinal de contas quando comecei a ler e vi PRESIDENTA não esperava nada além de um texto sem fundamentos.

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. os golpistas querem acabar com ENEM para que pobres não entrem em IFES; pior que as pessoas não percebem a jogada.

    ResponderExcluir
  31. está tão por fora que dá até dó... entrevista pirata... kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  32. ADOREI! JÁ ESTAVA NA HORA DO PRESIDENTO ARRUMAR A EDUCAÇÃO QUE OS ESQUERDINHAS ACHAM QUE É UMA MARAVILHA ! ARRASOU TEMER! BJS DE LUZ!

    ResponderExcluir
  33. E aí pessoal da classe média e pobre que bateu panelinha junto com a burguesia opressora gritando fora Dilma; Contentes agora? ??

    ResponderExcluir
  34. Nao acho que o ENEM seja uma boa forma de avaliação para se entrar em uma universidade. As questões do enem sao textos enormes e as vezes sem sentido para a pergunta que virá. Acho que ja deveria ter acabado e implatado outra forma de avaliação. Pra quem fala mal do vestibular, ele nao era ruim e nem desigual, afinal existem inumeros cursinhos pro enem tbm...

    ResponderExcluir
  35. Vai melhorar sim gente! Mas só nos resta saber pra quem! Kkkk pros pobres é que não vai ser... Deve ser pros filhinhos de papai que querem cursar medicina e não vão mais precisar disputar o Enem com uma cambada de negros e de sujos e maltrapilhos pobres e de esquerda... Aff, gente inocente! Temer vai melhorar a vida de quem??? Dos coleguinhas dele! Quer apostar???

    ResponderExcluir
  36. Fim do ENEM, fim dos royalties do pré-sal para a Educação. Em SP, Geraldo Ladrão de Merenda já sinaliza que será o fim do ensino público gratuito. Só terá acesso á Educação quem puder pagar.

    ResponderExcluir
  37. Presidenta! Não sabia que tinha passado a fazer parte do nosso vocabulário.

    ResponderExcluir
  38. Só observo essas pessoas que falam tão mal de Temmer, enquanto Dilma e seus aliados que quebraram o país. Eu mesma, quando entrei em uma universidade particular, porque as federais são pouquíssimas vagas pra um monte de gente, não consegui fies, porquê? Porque ele reduziu muito a quantidade de vagas. E o enem? Mds viu? Prefiro fazer vestibular, pq ai não tem gente lá do lado do Sul, fazendo sua provinha lá, pra tomar vaga de quem está aqui.

    ResponderExcluir
  39. Concordo quando colocou que o ENEM é um vestibular pois é a única porta de entrada para as universidades. Os alunos fazem curtinho, se preparam e concorrem a uma vaga. A diferença é que paga apenas uma taxa, os da escola pública pedem isenção e seu resultado final é que vai determinar o futuro do estudante. É um massacre emocional para o estudante! O cúmulo do absurdo. Por isso que a educação do país está cada vez pior. Na minha opinião a conquista de uma vaga na universidade tem que ser direito de todos e que sua conclusão do curso pela sua competência, esforço e dedicação. O ENEM nada mais é uma forma de exclusão.

    ResponderExcluir
  40. A boca de algumas pessoas é falar em golpe, porém, essa não enxergam que o nível dos alunos que ingressam na universidade esta cada vez pior. Fato esse que, como alguns aqui já citaram, os alunos não sabem redigir um texto, um relatório técnico e o pior, um aluno de engenharia não sabe fazer conta, que absurdo, é por isso que existem várias pontes e edifícios caindo por aí. O Enem só fez diminuir o nível de educação desse país. Estudei até o 3 ano em colégio público e apoio 100% a abolição do Enem e aos militantes de plantão peço que vão estudar.

    ResponderExcluir
  41. O bom profissional sempre encontrará mercado de trabalho.As pessoas preocupam com coisas pequenas. Vamos nos preocuparmos com coisas que dizem respeito à valorização do ser. Humano. Como trabalho, salário justo, educação, saúde de qualidade e segurança, moradia e lazer para o povo. Deixar de egoísmos, de tanta ganância e dar oportunidade a quem tem menos. Uma sociedade mais justa, mais fraterna, com menos diferenças Econômicas é bom pra todo mundo.
    Lamentável essa gente ínfima que só querem para um pequeno grupo ainda que custe o bem estar de milhões de seres humanos. Olhem só o que estão fazendo com a educação pela Pl 257.
    Todos nós queremos é merecemos vida digna!

    ResponderExcluir
  42. KKKKK aí tudo vira democracia racial no Brasil mesmo que tudo em branco em todo os lugales no pais hahahahaha

    ResponderExcluir
  43. Vai ocorrer o ENEM, no mês de novembro???

    ResponderExcluir
  44. Não vamos nos calar diante deste absurdo! O Brasil evoluiu a partir da luta do povo, basta irmos às ruas para garantirmos os nossos direitos. Foi assim para sairmos da ditadura, para a construção de um novo Estado democrático. Foi assim na década de 90, quando a nossa democracia estava sendo testada e conseguimos tirar Collor. Porém, apesar de nossa democracia ter sido desrespeitada com o golpe que tirou Dilma da presidência, cabe a nós mostrarmos o quanto estamos insatisfeitos. Devemos deixar de fanatismo, devemos deixar de lado os insultos a coxinhas e a petralhas. Você não precisa ser de esquerda para ver que o que estão fazendo com a nossa educação é errado. Devemos nos unir em prol de um bem comum como fizeram os brasileiros décadas atrás, como fizeram os manifestantes do movimento Diretas já, como fizeram os "caras-pintadas". Para eles também parecia difícil conquistar o que reinvidicavam, mas se eles não tivessem ido às ruas nada teria mudado. Portanto faça a sua parte, contribua para o exercício da cidadania. Vamos às ruas reinvidicar nossos direitos.

    ResponderExcluir
  45. O cara qnd é bom, quando se dedica, vai além, não são as regras do Enem que o excluirão do processo. E pq estão a discutir se é presidente ou presidenta, se vivem lutando pela IGUALDADE DE GÊNERO?

    ResponderExcluir
  46. Temos que temer é Temer o que houver de ruim é com ele mesmo!fora temer nós não te queremos!

    ResponderExcluir
  47. Temos que temer tudo de ruim vem de Temer!!fora Temer não te queremos!

    ResponderExcluir
  48. O que deveriam era melhorar o ENEM , porque segundo informações o ENem estava prejudicando a certificação do secundario para quem não vai fazer universidade, e ao mesmo tempo tornando muito facil os testes para quem ingressaria na Universidade. E bem simples a solução dessas questões inclusive com melhoria na qualidade do ensino, vincula-se o resultado do Enem para cada unidade escolar e o aumento de professores diretores e pedagogos passam a ter vinculação com os resultados do Enem, melhores escolas , melhores salarios aos professores, escolas deficitarias e professores deficitarios perdem o trabalho por ineficiencia. Esse modelo ja é utilizado em outros paises. Assim o Enem poderá ter provas mais condizentes com um ensino adequado e haverá melhoria na qualidade de ensino das escolas públicas, avaliando alunos e professores ao mesmo tempo. Isso encentivara os professores a se superar e melhorar a qualidade de sua instrução.

    ResponderExcluir
  49. Prof. Guerreiro (Via Facebook)
    Analisando as mudanças propostas pela 'reforma' do ensino médio, começo a imaginar que as matérias de "estudos sociais", "educação moral e cívica" e "OSPB" estão para serem ressuscitadas. A Humanas toma um baque.
    Ah, qualquer um que demonstrar "saber notório" poderá dar aula. Não precisa mais diploma.
    Brasil: educação retrô... cesso.
    P.S.: o governo golpista já confirmou que o ENEM, a partir do ano que vem, não valerá p.... nenhuma.

    ResponderExcluir
  50. Um verdadeiro retrocesso desse governo ilegítimo. Como pode essa criatura tirar os direitos das pessoas.

    ResponderExcluir
  51. Temer não era para ser presidente tinha que ter saído junto com Dilma. e uma nova e eleição para presidente uma vergonha para o pais a classe media vai sofrer muito só amisericodia de Deus

    ResponderExcluir
  52. Para os desinformados...
    http://www.revistaforum.com.br/2016/08/18/professor-pasquale-corrige-carmen-lucia-presidenta-esta-correto/

    ResponderExcluir
  53. Mas do que é que as pessoas estão reclamando? Quem elegeu o Temer foi você, eleitor do PT. Por favor, aprendam a votar e da próxima vez, pelo menos vejam quem é o vice dos seus candidatos.

    ResponderExcluir
  54. (Sônia, pra vc.) Ainda somos um país com políticas excludentes. Porém, na última década, presenciamos melhorias no acesso à educação. Isso é inegável. Quem questiona este fato, tenta partidarizar o cenário da educação com outros argumentos relacionados à um governo ou outro. Precisamos zelar por nosso país acima de qualquer bandeira política. O ENEM contribuiu para a democratização do acesso ao ensino superior. Assim como PROUNI e FIES. Entretanto, sempre haverá melhorias a serem feitas. O comentário anterior ilustra bem isso quando opina sobre o processo defeituoso de entrada em cursos aleatório: precisamos de um sistema eficiente, porém inclusivo. Defendo a permanência do enem como seleção nacional, pois é democrático e progressista. E acho que o trabalho desta presidenta deveria ser procurar meios de aperfeiçoar o exame, melhorar as condições de acesso aos estudantes brasileiros à ele e criar diretrizes que encaminhem cada aluno para a melhor vaga de acordo com seu perfil. Simples assim.

    ResponderExcluir
  55. mas foram os estudante que escolheram ficar do lado dos golpista , oução bem o que vou falar satanás não faz negocio com ninguém tolo é a quele que faz negocio agora vc estudante vão ter que pagar a conta sem ter feito nada ou melhor ter ido as ruas pedir a saída da presidenta da republica

    ResponderExcluir
  56. E agora condenaram Dilma.kkkk ficou pior ainda kkkk

    ResponderExcluir
  57. Só a ousadia de não criar um debate, mostra claramente que por traz dessa noticia há algo de muito macabro e muito pior. Essa é para distrair o pior está implícito.
    #Guerra aos golpistas.
    #novos guerrilheiros surgiram.

    ResponderExcluir
  58. Meu Deus.. povo maniqueísta.. estudem mais antes de falarem.. e se acreditam mesmo nessas "ideologias" ditas aqui.. pesquisem bem mais sobre elas e só depois volte aqui para dar "lição de Moral"

    ResponderExcluir
  59. Tempos obscuros virão......

    ResponderExcluir
  60. Vagabundo é elogio para este hitler brasileiro

    ResponderExcluir
  61. Tiraram a Dilma Rousseff para melhorar o Brasil, mas com esse Temer piorou ainda mais. Os riquinhos não vão sentir nada, mas aqueles que não têm como pagar uma faculdade vão sentir muito. Esses políticos avarentos só pensam no bolso deles e não no Brasil. Cortam gastos de A e de B, e por que não cortam uma pequena porcentaporcentagem dos seus próprios salários? Recebem tantos benefícios, fora o salário, que não é mínimo, e o povo brasileiro é quem paga. Bando de corruptos! Era isso que aqueles que faziam manifestações, contra o governo Dilma, queriam? Agora abram bem os olhos para ver o estrago que durará 20 anos.

    ResponderExcluir
  62. NAO SOU BRASILEIRO SOU PORTUGUÊS MAS ESTOU DE ACORDO EM ACABAR COM O ENEM POIS ACHO QUE E UMA FACILITAÇÃO O INGRESSO NA FACULDADE O QUAL NÃO DEVE SER FACILITADO MAS SIM ALGO QUE SE CONQUISTA COM ESFORÇO E MÉRITO NÃO PORQUE TIREI 450 PONTOS ISSO NUM PAIS QUE SE ACHE MINIMAMENTE EVOLUÍDO NÃO ENTRA EM CURSO NENHUM UMA PESSOA QUE NÃO TIRE NO MINIMO 500 PONTOS NAO DEVIA ENTRAR NA FACULDADE POIS VERIFICO AQUI NA REGIÃO ONDE MORO QUE MUITOS FAZEM O ENEM SÓ POR FAZER, E INGRESSAR NA FACULDADE EM QUALQUER CURSO SEJA QUAL FOR A NOTA OS JOVENS NAO TEM QUALQUER OBJETIVO DE VIDA OU PROFISSÃO , NA RUA ONDE MORO TEM UMAS 3 ESCOLAS EU SO VEJO OS ALUNOS A PASSAR COM UM LIVRO DEBAIXO DO BRAÇO E OS QUE PASSAM PQ ALGUNS NEM UM CADERNO TRAZEM E EU ME PERGUNTO COMO E POSSÍVEL ESSAS PESSOAS ENTRAREM NA FACULDADE . QUANDO ESTUDA EM PORTUGAL NO MINIMO EU LEVAVA 4 A 5 LIVROS TODOS OS DIAS DE DISCIPLINAS DIFERENTE FORA OS CADERNOS PARA OS APONTAMENTOS A CADA DISCIPLINA . OUTRA COISA QUE FICO SEM ENTENDER COMO E POSSIVEL AS PESSOAS ANDAR A ESTUDAR DURANTE ANOS E ANTES DE INGRESSAR NA FACULDADE OS PAIS TEM QUE PAGAR CURSINHO O QUE ANDARAM A FAZER ESSE TEMPO TUDO COMO E POSSÍVEL NINGUÉM, REPROVAR DE ANO E TUDO INTELIGENTE NINGUEM TEM DIFICULDADES A NADA ,EM PORTUGAL PARA ENTRAR NA UNIVERSIDADE OS ALUNOS NO ULTIMO ANO ANTES DE ENTRAR SAO AVALIADOS A CADA DISCIPLINA SAO CHAMADOS DE EXAMES NACIONAIS ONDE O ALUNO TEM QUE REVER A MATERIA DOS ULTIMOS 3 ANOS DE CADA DISCIPLINA E FAZ UMA PROVA A CADA DISCIPLINA SOMANDO AS NOTAS DE TODAS AS DISCIPLINAS VAI DAR A MEDIA ISTO NUMA ESCALA DE ZERO A VINTE .VOU DAR UM EXEMPLA MEDIA PARA ENTRAR EM MEDICINA E NO MINIMO 18,5 EM ALGUMAS UNIVERSIDADES OUTRA EXIGEM QUASE 19 DE MEDIA SE POR ACASO O ALUNO REPROVAR A PORTUGUES ELE NAO INGRESSA EM MEDICINA ELE VAI TER QUE FREQUENTAR A ESCOLA POR MAIS UM ANO PARA FAZER SO A CADEIRA DE PORTUGUÊS SE QUISER ENTRA EM MEDICINA NAO EXISTE CURSINHO EXISTE ESCOLA E PRONTO.E TIVE COLEGAS QUE MESMO COM BOAS NOTAS PARA ENTRAR EM ARQUITETURA EMFERMAGEM E OUTROS CURSOS BONS PREFERIRAM FICAR MAIS UM ANO E FAZER MELHORIA DE NOTA , POIS LA ESCOLA PUBLICA SE PAGA NAO E COMO AQUI ONDE TUDO E GRATUITO ENTAO QUANDO SE ENTRA NA UNIVERSIDADE NAO E PARA BRINCAR COM O DINHEIRO DOS PAIS QUE FAZEM SACRIFÍCIOS ENORMES PARA NOS PAGAREM OS ESTUDOS

    ResponderExcluir
  63. O maior marginal da história do Brasil Michel Temer!

    ResponderExcluir
  64. Por isso eu não me canso de gritar #FORATEMER_E_ESSA_CORJA_DE_GOLPISTA_CORRUPTOS_LADRÕES_FDP.

    ResponderExcluir