segunda-feira, 12 de abril de 2010

Treze dos melhores contos da mitologia da literatura universal

Flávio Moreira da Costa,organizador

Esta excelente coletânea de Flávio Moreira da Costa apresenta um breve panorama da mitologia apropriada pela literatura universal. Aqui se encontram mitos da Índia e da antiga Grécia, como também da Islândia, da África e da América pré-colombiana, em meio a contos de Eça de Queiroz, Coelho Neto, Alberto Moravia, Kafka, Machado de Assis, Heine e Mark Twain que se debruçaram sobre a tradição mais remota, mitológica ou lendária.

O conto é um gênero narrativo antigo. Em razão de sua estrutura enxuta, desde a antiguidade é empregado para registrar e veicular artisticamente experiências humanas relacionadas à política, à filosofia, à vida das sociedades e dos indivíduos e ao sagrado.

Os contos aqui destacados permitem ao leitor observar como esse gênero longevo foi empregado em diferentes épocas, em diferentes culturas, por diferentes autores, com diferentes propósitos.

Das antigas narrativas de fundo religioso e apócrifas, aos contos contemporâneos, assumidamente artísticos e assinados por reconhecidos autores, o leitor tem oportunidade de viajar no tempo, no espaço, na imaginação e na linguagem.

Uma excelente prática em sala de aula seria comparar as estruturas dos contos: personagens, cenários, fatos, tempos históricos, descrições, linguagem etc. Com certeza, muitas coisas se descobririam... Aliás, a rigor, a seleção dos textos realizada deixa mesmo entrever essa intenção de seu organizador.

FONTE: Costa, Flávio Moreira da (Org.). Treze dos Melhores Contos da Mitologia Antiga. Rio de Janeiro, Ediouro, 2004.

Nenhum comentário:

Postar um comentário